in

Japa da Ostra: o negócio de venda online de insumos do dia a dia até a alta gastronomia que deve fechar este ano com R$ 15 milhões de faturamento

Empresa que começou por meio de investimento inicial de R$ 250 mil e a comercialização de peixes, carnes especiais e frutos do mar com alto nível de qualidade já possui mais de 500 produtos disponíveis no seu catálogo virtual

Kazumy Miura, portfólio de mais de 500 produtos e parcerias com marcas como a Kikkoman, que apoiam o desenvolvimento contínuo do negócio - Foto: Divulgação

 

Investimento inicial de R$ 250 mil e a venda online de peixes, carnes especiais e frutos do mar com alto nível de qualidade. Foi assim que surgiu o negócio Japa da Ostra, que é uma empresa que fornece insumos do dia a dia até a alta gastronomia por meio de um diversificado catálogo virtual e deve fechar este ano com R$ 15 milhões de faturamento. “Fornecemos para supermercados, restaurantes e com forte apelo para o delivery de pessoa física. Em 2018, começamos comercializando apenas ostras, mexilhões e vongoles trazidos de Florianópolis, em Santa Catarina, via aéreo, somente para Fortaleza, no Ceará. Mas, com o tempo, a demanda foi crescendo e fomos ampliando o negócio. Atualmente, temos mais de 500 itens disponíveis em nosso catálogo e atendemos em dois estados: Fortaleza e Rio de Janeiro. O nosso faturamento mensal é de R$ 1,3 milhões, com previsão de fecharmos o ano com R$ 15 milhões de faturamento e lucro de 5%”, revela Kazumy Miura e Alexandre Reis, que são casados, possuem dois filhos e são os idealizadores e administradores da Japa da Ostra.

 

Miura é cearense e possui formação em Fisioterapia. Já Reis carioca e, antes de empreender no ramo food service, trabalhava como piloto aéreo. Hoje em dia, ambos dividem sua residência entre o Rio de Janeiro e Fortaleza, onde, inclusive, estão sediadas a matriz e a filial da Japa da Ostra.

 

Foto: Divulgação

 

Em entrevista exclusiva à Rede Food Service, o casal revela que a ideia da Japa da Ostra surgiu durante uma viagem para Florianópolis, em Santa Catarina. “Nesta viagem, visitamos a Fazenda Marinha, que cultiva ostras e mexilhões. E, nesta oportunidade, os funcionários apelidaram a Kazumy carinhosamente como Japa da Ostra pelo fato de ela apreciar tanto essa iguaria. E, assim, nessa viagem, surgiu o interesse de levar para Fortaleza as ostras e mexilhões, assim como o nome do nosso negócio”, relata Reis.

 

Portfólio e parceiros de sucesso

 

Segundo Miura, “a principal característica da Japa da Ostra atualmente é levar produtos diversificados e de alta qualidade aos nossos clientes”, afirma. Sendo assim, o atual portfólio da marca é composto por nada menos que “500 produtos disponíveis no nosso catálogo, que variam desde produtos nacionais a importados de vários lugares do mundo, como, por exemplo, centolla, vieiras, cortes de wagyu, cordeiros, vitelos e muitos outros produtos especiais”, ressalta a empresária.

 

Foto: Divulgação

 

Além disso, Miura divide que conta com a parceria de algumas marcas food service que fazem toda a diferença em seu empreendimento e sua respectiva diferenciação no mercado. “Hoje, contamos com algumas marcas fortes que, juntas, se completam, sendo a Kikkoman, a Long Way, Ostravagante, Sésamo Real e Guidara. São marcas parceiras que nos apoiam no crescimento contínuo e no desenvolvimento de ambas as marcas”, explica.

 

Perfil de cliente e inspirações

 

A partir da vivência e experiência de Miura e Reis, o perfil de cliente da Japa da Ostra também se apresenta hoje em dia como diversificado, assim como o seu portfólio. “Como o nosso catálogo de produtos é bem diversificado, temos clientes A, B e C, mas, em grande maioria, A e B”, elenca o casal, que possui algumas inspirações junto ao negócio. “Nos inspiramos nos grandes players do varejo no Brasil e no mundo, como a Magazine Luiza e a Amazon”, aponta.

 

Planos de expansão

 

Mesmo em meio à atual crise social e econômica desencadeada pela pandemia de Covid-19, Miura e Reis possuem planos de expansão para a Japa da Ostra. “Com a pandemia, tivemos que nos adaptar e focar no delivery B2C e no canal de supermercados. Mas, os nossos próximos planos são a capilaridade máxima nos mercados do Ceará e Rio de Janeiro e futuras expansões em outros Estados pelo Brasil a fora”, partilha.

 

Segredo do sucesso

 

Para Miura e Reis, o segredo para alcançar sucesso no atual mercado de alimentação fora do lar está diretamente relacionado a ter “foco na qualidade e na necessidade do cliente, além, é claro, de muita resiliência por causa da fragilidade do mercado em função da pandemia de Covid-19”, indicam.

 

Foto: Divulgação

 

Por fim, o casal aconselha para os que ainda estão começando no ramo food service “estudar bastante o mercado e saber se posicionar nele. Foi isso que fizemos, sendo que nos posicionamos no mercado de alta gastronomia”, frisam.

 

Para conhecer todos os produtos comercializados na Japa da Ostra, CLIQUE AQUI! Inclusive, neste mesmo endereço eletrônico, você também encontra diversas ‘Receitas da Japa’.

 

Na Rede Food Service é assim! Toda semana, te apresentamos um negócio de alimentação fora do lar de sucesso para que lhe sirva de inspiração para também fazer parte deste promissor mercado e ou para agilizar adaptações no seu empreendimento food service. Então, continue nos acompanhando!

Escrito por #molongui-disabled-link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários

0 comentários

Lei Geral de Proteção de Dados (LGPD) aplicada ao Franchising

Vida de chef envolve processos? Para Rafael Andrade, com certeza!