Pesquisar
Close this search box.

Unilever antecipa metas e reduz consumo global de água em 49% entre 2010 e 2020

Só no Brasil, a economia chegou a 54% no mesmo período nos complexos fabris da companhia no país

Agua Economia scaled 1
Agua Economia scaled 1

 

A Unilever, uma das maiores fabricantes de bens de consumo do mundo, anunciou que conseguiu antecipar em dois anos a meta estabelecida em 2010 de reduzir em 40%, até 2020, a extração de água de sua rede global de fábricas.

 

De acordo com a assessoria de imprensa da companhia, “a meta foi batida em 2018, dois anos antes do prazo, e, em 2020, a companhia alcançou uma diminuição de 49% no consumo de água por tonelada de produção nas fábricas da empresa em todo o mundo, superando o objetivo traçado em seu plano de sustentabilidade. Nas fábricas do Brasil, o resultado foi ainda melhor e esse percentual de economia chegou a 54% na última década”, detalha.

 

É válido ressaltar que, recentemente, a Unilever assumiu novos compromissos mundiais de enfrentamento à escassez de água e preservação de recursos hídricos. “As metas relativas à água, que tem como data limite o ano de 2030, visam transformar as fórmulas dos produtos para que sejam 100% biodegradáveis e ter 100% das fábricas da companhia com circularidade de água, o que significa reaproveitar a água das estações de tratamento de efluentes e não descartá-la em corpos hídricos. Reduzir o consumo, reutilizar e preservar a água são prioridades em todas as unidades da Unilever e, por isso, há um trabalho cirúrgico para eliminar perdas ao longo de todo o processo de fabricação. A companhia utiliza medidores inteligentes que possibilitam localizar, de maneira rápida e digital, oportunidades de melhoria e eventuais vazamentos. Dessa forma, a gestão do recurso se torna ainda mais assertiva e acontece em tempo real. Além disso, desde 2020, foi implantado o projeto ‘Water Squad’, no qual líderes de sustentabilidade de todas as fábricas trabalham em conjunto para estudar a matriz hídrica dos complexos fabris para propor ajustes e aprimoramentos”, divulga a assessoria.

 

Em entrevista à Rede Food Service, Marina Yoko, Gerente de Sustentabilidade Para as Fábricas da Unilever, comentou que fechamos um ciclo em 2020. Após 10 anos do nosso plano de sustentabilidade, tivemos resultados muito positivos e muitos aprendizados. Mas, a jornada para alcançar nosso propósito de tornar uma vida sustentável parte do dia a dia das pessoas segue forte. Temos consciência de que nossos funcionários, consumidores, clientes, fornecedores e parceiros esperam cada vez mais de nós e que podemos liderar um movimento verdadeiramente transformador e que impacte positivamente a sociedade e o planeta. Por isso, buscamos, diariamente, ser melhores, mais ousados ​​e mais rápidos”, garante.

+ posts

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Fique Atualizado!

Assine nossa newsletter

Veja também...

Mane4

Mané: a rede de franquias de botecos que faturou R$ 67 milhões ano passado e deve abrir mais 15 unidades agora em 2024

Com atuais mais de 20 unidades em funcionamento, a marca foi criada em 2019 a partir do desejo de três amigos botequeiros que sentiam a necessidade de uma opção de boteco diferenciado no Rio de Janeiro, capital

  Proporcionar aos clientes experiências gastronômicas únicas sem perder a cultura raiz de um bom boteco. Esse é o propósito da Mané, uma rede de

Leia mais »