Pesquisar
Close this search box.

Lupi Pizzeria: uma história de paixão e resiliência no mercado de food service

Conheça como o famoso restaurante se tornou uns dos queridinhos recifenses

Lupi1
Eduardo Oliveira e sua esposa Juliane, proprietários da Lupi Pizzeria - Foto: Divulgação

 

Abrir um novo negócio no food service é sempre desafiador. Começando pela escolha do ponto comercial adequado, definição de cardápio, recrutamento de equipe, encontrar fornecedores de qualidade, obter licenças necessárias para o funcionamento, etc.

 

São muitos detalhes que exigem bastante planejamento e conhecimento do mercado, para que o que começa como um sonho de diversos empreendedores apaixonados pela gastronomia, possa se tornar uma referência no setor.

 

Fundada em 2019 por Eduardo Oliveira e sua esposa Juliane, a Lupi Pizzeria rapidamente se destacou no cenário gastronômico recifense graças à tradição familiar e paixão pela culinária italiana. Desde o humilde começo até o desafio de superar a pandemia, a história da Lupi é um verdadeiro exemplo de perseverança e dedicação.

 

A Rede Food Service vai te explicar tudo sobre o negócio desde a sua criação até os planos para o futuro, além de revelar os segredos por trás do sucesso dessa adorada pizzeria.

 

Como tudo começou

 

A Lupi Pizzeria nasceu do desejo de Eduardo Oliveira de seguir os passos empreendedores de família e da paixão da esposa dele, Juliane, pela gastronomia. Inspirados pelas histórias de negócios familiares – do bar do avô de Eduardo à loja de bairro da avó de Juliane – o casal uniu forças para criar algo que refletisse as raízes e o amor pela culinária.

 

Eduardo afirma que “empreender era algo que sempre palpitava dentro de mim, algo que já vem por parte da minha família”. A ideia de abrir uma pizzeria surgiu como uma maneira de dar o primeiro passo no setor de food service, mas rapidamente se transformou em uma paixão pela pizza e pela comida italiana.

 

Lupi2
Eduardo Oliveira, proprietário da Lupi Pizzeria – Foto: Divulgação

 

Em 2019, após seis meses de planejamento e execução, a Lupi Pizzeria abriu suas portas. O nome Lupi foi escolhido em homenagem ao avô de Juliane, uma figura importante na vida do casal, e o mascote Todd, o fiel companheiro que os acompanhou no início da jornada. Contudo, o caminho para o sucesso não foi fácil.

 

Eduardo relata: “De certeza, pra início de conversa, foi perceber que falímos antes mesmo de abrir”. Antes mesmo de abrir oficialmente, Eduardo e Juliane perceberam que enfrentariam dificuldades financeiras significativas. Para salvar o sonho, contaram com o apoio do sogro de Eduardo, que se tornou sócio investidor. Médico de profissão, ele acreditou no potencial da Lupi e forneceu o capital necessário para manter o negócio funcionando.

 

Essa parceria foi crucial para superar os primeiros obstáculos, mas novos desafios logo surgiram. A chegada da pandemia de Covid-19 colocou a Lupi à prova mais uma vez, forçando o casal a demitir funcionários e depender exclusivamente do serviço de delivery.

 

Eduardo assumiu múltiplas funções dentro da pizzeria, desde fazer compras no mercado até preparar e entregar as pizzas, demonstrando uma incrível capacidade de adaptação e resiliência. Ele recorda: “Demitimos funcionários e eu me tornei dez funcionários em um. Fazia de tudo, de compras na Ceasa a pizzaiolo, entregador”.

 

Por meio de uma dedicação incansável e muita fé, Eduardo e Juliane conseguiram manter a Lupi Pizzeria em operação, transformando-a em um nome respeitado e amado por seus clientes. “Com muita oração e muita dedicação, resolvemos não desistir! Persistimos e resistimos e estamos aqui até hoj”, diz Eduardo.

 

Crescimento e equipe

 

Desde a criação em 2019, a Lupi Pizzeria passou por um crescimento impressionante. O negócio começou com apenas um funcionário e hoje conta com uma  grande equipe. Esse aumento reflete não apenas o sucesso da pizzeria, mas também a importância do trabalho e da dedicação de cada membro. “Começamos com um funcionário, e hoje somos mais de quarenta”, relembra Eduardo.

 

Lupi5
Lupi Pizzeria: uma história de paixão e resiliência – Foto: Divulgação

 

Inicialmente, Eduardo e Juliane buscaram orientação externa para garantir que a Lupi oferecesse uma autêntica experiência italiana. “Quando começamos, trouxemos um consultor italiano para nos auxiliar”, compartilha Eduardo.

 

Com o tempo, ele assumiu a responsabilidade pela cozinha, dedicando-se ao estudo contínuo e à melhoria de suas habilidades culinárias. “Continuo estudando, fazendo cursos, buscando melhorar. E esperamos sempre trazer o melhor para nossa cidade e para nossos clientes”, ressalta ele.

 

Lupi4
Lupi Pizzeria – Foto: Divulgação

 

O desenvolvimento do cardápio da Lupi Pizzeria é um processo contínuo e detalhado. Eduardo e sua equipe estão sempre em busca de novas tendências, sem perder de vista as tradições que formam a base da culinária italiana. “Fazemos testes e mais testes, buscamos os melhores insumos até chegar no que acreditamos ser o melhor para o cliente”, garante Eduardo.

 

Sobre os clientes, Eduardo aponta que eles são amantes da boa comida. “[Os clientes são] amantes da cozinha, pessoas que buscam as melhores experiências e é isso que buscamos proporcionar”. Esse perfil de cliente exige um alto padrão de excelência, algo que a Lupi se esforça continuamente para alcançar e superar.

 

Operação diária e cardápio

 

O funcionamento diário da Lupi Pizzeria é um exemplo de organização e dedicação. “Quem vê de longe não sabe o caminho que percorremos até a pizza chegar quentinha à mesa ou na casa do cliente. Tudo começa bem cedo. Do recebimento dos insumos, à higienização, ao porcionamento e pré-preparo”, explica Eduardo. Cada etapa do processo é realizada com cuidado e atenção aos detalhes, garantindo que os ingredientes estejam sempre frescos e prontos para serem transformados em deliciosas pizzas.

 

Lupi3
Lupi Pizzeria – Foto: Divulgação

 

A preparação dos insumos é seguida pelo “mise en place” diário, que envolve a organização e o pré-preparo de todos os ingredientes necessários para o funcionamento do dia. Eduardo detalha que “são horas de dedicação com todo carinho e cuidado, é um verdadeiro trabalho em equipe”. Essa rotina meticulosa garante que a equipe esteja pronta para atender aos pedidos dos clientes de forma eficiente e com a máxima qualidade.

 

Dos pratos mais populares, a pizza Brie com Parma se destaca pela combinação sofisticada de sabores, enquanto a tradicional Marguerita encanta os clientes com sua simplicidade e autenticidade. A pizza Lupi, uma criação exclusiva da casa, também é um grande sucesso. Cada uma dessas pizzas passou por um rigoroso processo de teste e aperfeiçoamento antes de ser incluída no cardápio.

 

Lupi6
Lupi Pizzeria – Foto: Divulgação

 

A dedicação à qualidade é evidente em cada prato servido pela Lupi Pizzeria. Eduardo resume essa filosofia ao afirmar que “amamos comida, amamos a experiência que comer bem nos traz. Estamos sempre ligados no que vem de novo sem perder as tradições”. É essa paixão pela culinária e o compromisso com a excelência que fazem da Lupi um lugar especial, onde cada refeição é uma celebração de sabores e tradições.

 

Planos futuros e dicas de sucesso

 

A visão de Eduardo e Juliane para a Lupi Pizzeria vai além das fronteiras de sua atual localização. Eles têm planos ambiciosos de expansão, não apenas para abrir novas unidades, mas também para transformar a Lupi em um verdadeiro centro gastronômico. “Temos muitos planos. Queremos ser um centro gastronômico, por exemplo. Mas acho que o principal é continuar buscando ser referência para o cliente, continuar sendo um local além da gastronomia. E quem sabe não levar a Lupi para vários outros locais”, revela Eduardo.

 

Essa visão de crescimento está enraizada na dedicação constante à qualidade e à inovação. Eduardo e Juliane entendem que o sucesso no setor de food service exige mais do que apenas um bom produto; é necessário criar uma experiência memorável para o cliente. Esse compromisso com a excelência e o desejo de levar a Lupi a novos patamares refletem a ambição do casal de deixar uma marca duradoura no mercado gastronômico.

 

Para aqueles que desejam seguir uma trajetória similar no mercado de food service, Eduardo oferece conselhos valiosos baseados em sua própria experiência. “Não desista! Não é fácil. Todos os dias acontecem imprevistos, tem dias mais difíceis que outros e a vontade de parar às vezes aparece. Mas se você tem paixão pelo que faz, se tem certeza de que pode contribuir, então não desista!”.

 

Eduardo também destaca a importância da busca contínua por conhecimento e da capacidade de delegar funções. “Busque conhecimento, busque delegar funções e fazer as pessoas ao teu redor crescerem. Pode levar tempo. Para nós, ainda estamos construindo, e ainda não julgamos ter alcançado, mas sem desistir, estamos continuando”.

 

Essa abordagem não apenas fortalece o negócio, mas também cria um ambiente de trabalho positivo e colaborativo, onde todos têm a oportunidade de crescer e contribuir para o sucesso da empresa.

 

Da África ao Brasil: conheça a história do restaurante Mama África Labonne Bouffe

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Fique Atualizado!

Assine nossa newsletter