Pesquisar
Close this search box.

Plataformas de reservas online estão sendo cada vez mais utilizadas por brasileiros

Para conquistar o mercado e superar possíveis desconfianças dos usuários, empresas apostam em segurança, benefícios e mais diferenciais para garantir boas experiências e atrair mais clientes

Reservas3
Plataformas de reservas online estão sendo cada vez mais utilizadas por brasileiros - Foto: Getty Images - RFS

 

Fazer reservas de hotéis e pousadas através de plataformas online é uma prática cada vez mais comum no mundo. E, com o crescimento do e-commerce, isso não seria diferente entre os brasileiros. Aqui no país, também tem crescido o número de pessoas que na hora de organizar férias e estadias recorre aos meios digitais para reservar passagens aéreas, hotéis, pacotes turísticos e outros serviços relacionados ao setor de hospitalidade.

 

E os números comprovam esse crescimento. Um relatório de 2023 divulgado pelo Estudo de Operações Hoteleiras Digitais, da H2c, apontou que as reservas diretas de hotéis online cresceram, aproximadamente, 50% na comparação com 2022. A pesquisa teve como base o feedback de 84 cadeias hoteleiras, o equivalente a 17,4 mil propriedades e mais de 2 milhões de quartos.

 

Porém, mesmo diante do crescimento, o setor de reservas online ainda enfrenta alguns desafios de mercado que, uma vez superados, podem girar a chave para uma expansão ainda maior das empresas do ramo. Entre esses obstáculos, podemos citar, por exemplo, a crise no segmento de passagens aéreas e de pacotes turísticos, o aumento da gasolina, a desconfiança dos usuários e ainda outras dificuldades geradas pela pandemia da Covid-19, que segue tendo reflexos no setor.

 

Reinvenção das empresas

 

Diante desse cenário ainda turbulento, as empresas de reservas online estão buscando se reinventar para poder expandir, se especializando em oferecer aos clientes ferramentas e serviços confiáveis ligados ao setor de hospitalidade.

 

Essas medidas são necessárias, principalmente, porque, apesar das dificuldades citadas acima, as expectativas para o setor seguem positivas. E as empresas devem se preparar para esse crescimento.

 

Reservas2
Plataformas de reservas online – Foto: Getty Images – RFS

 

Segundo pesquisa do Boston Consulting Group (BCG), 64% dos brasileiros que tradicionalmente viajam, possuem probabilidade de aumentar os gastos com viagens de lazer ao longo de 2024. No setor empresarial, o crescimento também está previsto: 44% dos entrevistados da já citada pesquisa afirmam ter expectativa de crescimento nos gastos com viagens corporativas.

 

Ciente disso, um exemplo de empresa que já nasceu com o objetivo de inovar dentro do setor é a OurTrip, criada em outubro de 2023 com o intuito de oferecer aos usuários, de forma simples, um sistema eficaz para a realização de reservas de hotéis em todo o mundo, com diferencial no mercado nacional.

 

Com menos de um ano de funcionamento, a plataforma de reservas online já conta com mais de 1.500 clientes, apostando em cashback para tornar a experiência ainda mais atrativa para os consumidores.

 

Bares na Piscina – Diferencial para Hotéis o ano todo

 

Agregando valor à experiência

 

João Câncio, CEO da empresa, conta que a OurTrip surgiu de uma inquietude sua. “Eu sempre quis, de fato, criar negócios que agregassem valor real ao cliente. E analisando as possibilidades, identifiquei uma boa lacuna nessa questão de cashback e as formas de oferecê-lo ao cliente”.

 

Com a constatação, João Câncio conta que veio também a ideia de montar uma agência de viagem onde fosse possível oferecer aos clientes um cashback próprio. “Na OurTrip, chamamos de Tripcash. Sempre que o cliente reserva com a gente, ele recebe de volta o Tripcash para utilizar na próxima reserva. Com isso, o usuário ganha um benefício real, já que quanto mais ele usar, mais vai acumular e obter descontos”.

 

Segundo ele, ao contrário dos programas de outras agências, onde às vezes é preciso reservar uma determinada quantidade de hospedagens para ganhar um percentual de desconto, ou onde o percentual de cashback é limitado a um valor, na OurTrip isso não existe.

 

“Aqui você pode fazer tudo. A ideia é entregar um valor real, sem enganações, sem limitações, sem asteriscos e sem prender o cliente por um programa de fidelidade”, afirma João Câncio para a Rede Food Service.

 

Cashback

 

Apelidado de “Tripcash”, o programa de cashback da OurTrip opera como um passaporte para economias contínuas em cada reserva realizada pela plataforma.

 

Reservas1
Plataformas de reservas online – Foto: Getty Images – RFS

 

Para o cliente obtê-lo é bem simples: basta efetuar uma reserva pela plataforma online e acumular, automaticamente, até 5% de Tripcash. “Ele estará disponível para utilização em até sete dias após o check out e o usuário poderá utilizá-lo na reserva seguinte ou em reservas futuras”, explica João.

 

O gerenciamento do benefício pode ser feito direto no acesso à carteira Tripcash da plataforma. “Nessa área, o cliente pode visualizar todas as suas transações. É tudo bem simples e intuitivo. Quanto mais reservas, mais vantagens”.

 

A importância dos diferenciais para crescer no mercado

 

São boas as expectativas da empresa para este e os próximos anos. Em 2024, a OurTrip espera terminar o ano registrando um faturamento superior a R$ 25 milhões em reservas hoteleiras, atendendo mais de 26 mil clientes.

 

Para alcançar o valor, João Câncio aposta na consolidação da marca como um ponto leal entre o serviço de reservas e os hóspedes que buscam tranquilidade na hora de definir os detalhes de suas estadias e destinos.

 

“No Brasil, além de sermos a única plataforma que oferece até 5% de cashback em todas as reservas, também estudamos implementar experiências para os nossos usuários por meio da Inteligência Artificial, visando uma automatização ainda mais segura”, comenta o CEO da empresa.

 

Reservas4
Plataformas de reservas online – Foto: Getty Images – RFS

 

Além da hotelaria, João ainda ressalta outras oportunidades de mercado estudadas pela OurTrip: “Estamos analisando a introdução de novos serviços em nossa plataforma, como passeios, cruzeiros e aluguéis de veículos, sem a necessidade de pacotes. Com um mercado amplo e crescente, são necessárias soluções inovadoras para o público, sobretudo com o digital presente diariamente”.

 

Animado com a previsão de crescimento, João Câncio revela para a Rede Food Service que a OurTrip já traçou, inclusive, planos e metas para 2025. No próximo ano, o objetivo é obter um faturamento mensal de R$ 8 milhões, totalizando uma receita anual de mais de R$ 96 milhões.

 

Benefícios também para as empresas parceiras

 

“Para estar sempre ofertando as melhores opções de propriedades, de hotéis e pousadas para os clientes e, consequentemente, ter um maior leque de preços, estamos sempre buscando aumentar a quantidade de parceiros”, explica João Câncio.

 

O CEO ainda revela que a meta da OurTrip é estar sempre fazendo promoções, principalmente em épocas consideradas propícias. “Nesses períodos, pretendemos analisar a estratégia de bônus em cashback. Também temos alguns outros projetos que pretendemos lançar na plataforma em médio prazo, para poder facilitar as parcerias e melhorar a experiência do cliente”, adianta João.

 

E fica a dica para os hotéis, pousadas e redes hoteleiras que tenham interesse em disponibilizar seus serviços de hospedagem na plataforma: “Atualmente, estamos fazendo parcerias por meio de brokers e grandes operadores a nível mundial. A maioria dos hotéis já está cadastrada nesses grandes brokers e nesses grandes operadores. Porém, pretendemos, no segundo semestre, partir para algumas negociações diretas com alguns hotéis”, explica o CEO.

 

Café da manhã em hotéis: o astro do mercado de hospitalidade que demanda aprimoramento constante

 

Sem fronteiras

 

Hoje, a OurTrip disponibiliza reservas em, aproximadamente, 170 mil hotéis entre o Brasil e o mundo.

 

“Estamos presentes em todas as localidades do país. E, com nossos planos de expansão, já estamos nos conectando com novos parceiros e brokers internacionais para ter um maior portfólio fora do Brasil. Já temos um grande alcance internacional, porém buscamos cada vez mais aumentar e disponibilizar mais opções para nossos clientes”, diz João Câncio.

 

Além da hospedagem

 

O CEO da OurTrip conta para a Rede Food Service que a empresa tem planos de futuramente, na chamada fase 2 do negócio, incluir na plataforma a disponibilização de outros serviços além da hospedagem, para que seja possível integrar passeios e experiências gastronômicas e locais ao leque de opções dos usuários.

 

“Isso é algo que já está no nosso radar. Só precisamos ter espaço no nosso backlog para conseguirmos encaixar essas demandas. Acredito que em um futuro não tão distante estejamos implementando esses novos serviços. É uma ideia que ainda está no papel, mas pretendemos colocá-la em ação o mais rápido possível”.

 

Segurança e confiabilidade para os usuários

 

De acordo com João Câncio, a OurTrip busca sempre estar com os melhores parceiros. “Todos eles consolidados e estruturados no mercado. Isso garante que o cliente terá uma boa experiência, sem surpresas na hora do check-in, por exemplo”.

 

Ele ainda detalha que a empresa busca se conectar apenas com plataformas e fornecedores que além de possuírem uma boa estrutura física, também possuam um setor financeiro sólido.

 

“É uma garantia que tudo ocorrerá bem com a experiência de cada cliente. Nossa mentalidade é ofertar segurança, qualidade e a melhor experiência possível, porque entendemos que depois da crise no setor, muitos consumidores estão receosos e assustados com isso. Enxergamos que esse é nosso grande diferencial: oferecer segurança, uma experiência bacana e um atendimento ágil para que o cliente se sinta confortável e volte a acreditar nas marcas nacionais”.

 

Inteligência Artificial em ação

 

Como já dito anteriormente, a OurTrip estuda fazer uso da Inteligência Artificial (IA) nos seus processos. Para a Rede Food Service, João Câncio, CEO da empresa, revela como a tecnologia irá auxiliar diariamente as rotinas do negócio.

 

“Nós temos um time que está analisando algumas possibilidades de IA, não só para o atendimento dos clientes, não só para ter ali um chat dando respostas, mas também, no futuro, disponibilizar uma ferramenta que ofereça ao usuário sugestões de roteiro, com base no orçamento e interesses dele. Isso já está sendo analisado pelo nosso time. Não é simples, mas é algo que enxergamos como um grande diferencial”, diz ele sobre os planos.

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Fique Atualizado!

Assine nossa newsletter