Pesquisar
Close this search box.

Inscrições para a nova edição do Afrolab se encerram dia 20 de maio

As inscrições podem ser feitas pelo site e inscrições e terão jornadas nas áreas de gastronomia, empreendedorismo de cuidado, música, moda, comics, feiras e festivais afro, além do Afrolab SPerifas

Afrolab
Afrolab

 

Se encerram no dia 20 de maio as inscrições para a nova temporada do Afrolab, programa voltado para a capacitação de empreendedores negros e indígenas. O objetivo da PretaHub, hub de empoderamento econômico, com o foco na criatividade, inventividade e tendências pretas, e responsável pela iniciativa, é selecionar 300 empreendedores de todo o Brasil para participarem de uma jornada ajustada às suas necessidades, interesses e paixões.

 

Esta nova temporada chega com tudo. Em formato de aceleração, as pessoas selecionadas poderão participar das 10 fases planejadas neste projeto, que se inicia em abril por meio da já tradicional Jornada Imersiva Afrolab. Para esta fase, estão abertas inscrições para jornadas nas áreas de gastronomia, empreendedorismo de cuidado, música, moda, comics, feiras e festivais afro, além do Afrolab SPerifas, destinada à empreendedores de diversos segmentos que atuam nos Distritos de Perus, Parelheiros, Bela Vista, Itaim Paulista e Vila Maria.

 

Após este mergulho inicial, os empreendedores poderão participar das demais fases dos processos, como imersões em vendas, marketing digital e educação financeira, mentorias coletivas, tutorias individuais, além de oficina de pitch para investimento, rodada de negócios, Festival Feira Preta e recebimento de investimento financeiro direto.

 

“Esse ano o Afrolab 2.0 vem cheio de novidades! Vamos, pela primeira vez, realizar a Aceleração Afrolab, uma jornada completa de fomento ao empreendedor negro, a médio e a longo prazo que vai acompanhar o desenvolvimento, mudanças e crescimento dos empreendimentos de profissionais negros e indigenas”, explica na Rede Food Service, Adriana Barbosa, CEO da PretaHub e idealizadora da Feira Preta.

 

Para se candidatar é necessário se identificar como pessoa negra ou indígena; estar à frente de negócios já estabelecidos no mercado; e ter disponibilidade para participar das fases da Aceleração Afrolab que acontecerão entre abril e dezembro de 2023, nos formatos online e presencial.

 

A Aceleração Afrolab é apresentada pela Secretaria Municipal de São Paulo, por meio do incentivo fiscal PROMAC, com aporte das empresas ISYN e Ticket, além de continuidade na parceria junto a Fundação Casas Bahia, Nivea, Instituto Assaí e Academia Assaí, e apoiada pelo Instituto ACP e Fundação Tide Setubal.

 

As inscrições podem ser feitas pelo link.

 

Sobre a PretaHub

A PretaHub é um Hub de criatividade, inventividade e tendências pretas. É o resultado de vinte e um anos de atividades do Instituto Feira Preta no trabalho de mapeamento, capacitação técnica e criativa, aceleradora e incubadora do empreendedorismo negro no Brasil. O Hub pensa a relação com a cultura, a economia e o empreendedorismo pretos, a partir de um olhar honesto e propositivo, entendendo seus papéis fundamentais na mudança estrutural de uma sociedade — e um mercado — que precisa absorver esta população não apenas em seus processos de consumo, mas no respeito à sua existência enquanto potência criativa e empreendedora. Saiba mais através do site.

 

rfs logo mini7
+ posts

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Fique Atualizado!

Assine nossa newsletter

Veja também...

Mane4

Mané: a rede de franquias de botecos que faturou R$ 67 milhões ano passado e deve abrir mais 15 unidades agora em 2024

Com atuais mais de 20 unidades em funcionamento, a marca foi criada em 2019 a partir do desejo de três amigos botequeiros que sentiam a necessidade de uma opção de boteco diferenciado no Rio de Janeiro, capital

  Proporcionar aos clientes experiências gastronômicas únicas sem perder a cultura raiz de um bom boteco. Esse é o propósito da Mané, uma rede de

Leia mais »