in

Fitland: a rede de franquias de produtos naturais que nasceu a partir de um container e já fatura acima de R$ 11 milhões

Fruto do trabalho visionário de quatro sócios, negócio fechou o ano de 2021 com um crescimento de 65% em relação a 2020

Foto: Divulgação

 

Você já deve ter percebido que, a cada dia, a busca por uma alimentação mais saudável, natural, orgânica e livre de aditivos químicos tem conquistado os consumidores brasileiros, principalmente, após o começo da atual pandemia de Covid-19, certo? Pois é! Além disso, de acordo com um estudo realizado e divulgado recentemente pela empresa de pesquisas BCC Research, a previsão é que o mercado global de alimentos orgânicos, por exemplo, cresça aproximadamente 1,5% até 2024, chegando a movimentar 211,3 bilhões de dólares.

 

Frente a esse promissor cenário, hoje em dia, já é comum vermos negócios especializados nessa nova onda de saudabilidade pelo Brasil a fora. Mas, não se engane ao pensar que esse ramo só foi percebido pelos empresários food service nos últimos três a cinco anos, por exemplo. Afinal, desde 2012, Rafael Fumagali, Aline Pacheco, Daniel Correia Luz e Camila Raquel Guill fundaram a Fitland, uma rede de franquias de produtos naturais que, hoje, nós da Rede Food Service, temos o prazer de te apresentar.

 

Foto: Divulgação

 

Em entrevista exclusiva à nossa reportagem, Fumagali, catarinense de 36 anos e o atual CEO da Rede Fitland, conta que o negócio food service nasceu a partir de um container e já fatura acima de R$ 11 milhões. “Com a dificuldade de encontrar suplementos de boas marcas em nossa cidade sede, Tijucas, interior de Santa Catarina, em 2012, nasceu a ideia de abrir a nossa primeira unidade, que, na época, era apenas voltada para o mercado de suplementos alimentares. Mas, o container de pouco mais de 15m2, logo, ficou pequeno e mudamos, em 2014, para um com mais de 80 m2, incorporando o mercado de produtos naturais, sendo umas das primeiras do Brasil a fundir suplementação e produtos naturais, o que é mais comum hoje em dia. Com o tempo, nós agregamos um terceiro mercado, o de alimentação saudável, e, em seguida, viramos franqueadora. Hoje, estamos com mais de 20 lojas pelo Estado de Santa Catarina e já com unidades em fase de implantação em outros Estados. Em 2021, a rede finalizou o ano com um faturamento acima de R$ 11 milhões, o que representa um crescimento de 65% em relação a 2020, sendo que já tínhamos crescido 40% em relação a 2019”, ressalta.

 

O que é o negócio Fitland?

 

Conforme Fumagali, a Fitland é “uma rede de lojas de produtos naturais, alimentação saudável e suplementos alimentares. Trabalhamos só com as melhores marcas nacionais e importadas e temos em nossa missão o comprometimento em comercializar produtos que dão resultados aos nossos clientes, sempre prezando por excelência no atendimento e um preço justo. Atuamos com criação própria e projeto arquitetônico original de classe global”, descreve.

 

Equipe, portfólio e funcionamento da Rede Fitland

 

O empresário informa também que, atualmente, a Rede Fitland possui “mais de 100 colaboradores diretos e mais de 3.200 produtos em nosso portifólio, desde produtos a granel, empacotados, resfriados e congelados, até suplementação. Sempre com viés saudável”, endossa.

 

Foto: Divulgação

 

Sobre o funcionamento da rede, Fumagali explica que “somos uma loja de produtos naturais, suplementação e alimentação saudável em que o cliente entra e faz suas compras acompanhado de alguém do nosso atendimento. Funcionamos no formato ToGo, com memorável experiência de compra. Além disso, estudos aprofundados da jornada do consumidor nos auxiliam na escolha das melhores localizações de pontos de venda. E, para formatarmos a nossa empresa, contamos com um trabalho completo efetuado pela NetplaN Consultoria, de Curitiba, companhia dirigida por Daniel Bernard, um dos principais especialistas brasileiros em formatação de franquias do ramo alimentício, com mais de 380 clientes desenvolvidos ao longo dos últimos 30 anos, sendo 112 redes somente do setor alimentício. Contamos ainda com o trabalho de agência de comunicação e diversos outros profissionais e prestadores de serviços especializados”, detalha.

 

Perfil de cliente e custos de operação da Rede Fitland

 

Ao ser questionado sobre qual é o atual perfil de cliente da Rede Fitland, o empresário avalia que “hoje, o nosso perfil de consumidor é formado por pessoas que buscam qualidade de vida, performance e saúde. Na sua maioria, são de classe A, B e C+”, assinala.

 

Foto: Divulgação

 

Baseados nos dados já informados, Fumagali acrescenta que “o investimento atual em uma unidade Fitland de 50m2 fica em torno de R$ 195 mil”, divulga.

 

Efeitos da pandemia de Covid-19 na Rede Fitland

 

Ao contrário do que ocorreu com a maioria dos negócios food service, os efeitos da atual pandemia de Covid-19 na Rede Fitland foram positivos. “Penso que a pandemia de Covid-19, até de certa forma, beneficiou o segmento de alimentação saudável, uma vez que tivemos uma grande busca de parte de novos clientes por uma alimentação mais saudável, com foco em produtos que ajudam na imunidade e cuidados com a saúde como um todo. Além, é claro, das pessoas que já são adeptas do natural healthy food e não param de se cuidar, sobretudo, durante a pandemia. Dessa maneira, o nosso segmento vem demonstrando ser antifrágil”, avalia Fumagali.

 

Metas e dicas para o segredo

 

Por fim, Fumagali partilha que ele e seus sócios possuem a meta para a Rede Fitland de “ter um crescimento de 12 novas unidades e 70% de crescimento no faturamento para este ano de 2022 e, até 2025, estarmos presentes em todas as regiões do Brasil”, planeja.

 

Foto: Divulgação

 

Inspirado nesse expressivo objetivo, o empresário dá a dica de que o segredo para se alcançar o sucesso no mercado food service “é o amor! Nós, por exemplo, amamos o que fazemos, que é proporcionar saúde, performance, qualidade de vida e longevidade por meio dos nossos produtos. Por isso, trabalhamos incansavelmente para melhorar a cada dia, tornando única a experiência de compra dentro da Fitland. Assim, para os que ainda estão começando no mercado de alimentação fora do lar, eu recomendo que invista em algo pronto, já testado e validado. Ou seja, em franquia, pois a tendência natural de mercado é as redes se fortalecerem. Sozinho, até passar pela curva de aprendizado e ainda brigando com o poder de compra das redes, fica difícil de competir”, aconselha.

 

E aí? Gostou de conhecer a história de mais um negócio de alimentação fora do lar, assim de como de quem o criou? Então, continue acompanhando a Rede Food Service. Pois, aqui, a gente de apresenta histórias empreendedoras reais e, consequentemente, inspiradoras todas as semanas.

Escrito por #molongui-disabled-link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários

0 comentários

Previsul e iFood lançam Seguro Empresarial para donos de restaurantes com mensalidades a partir de R$ 10

Delivery nos supermercados: entenda como os itens de food service vêm agregando a esse setor