in ,

De experiências da infância à vida de chef de cozinha: Bárbara Valença revela que a sua rotina é corrida, mas compensatória

Proprietária do Restaurante Barbossa Cozinha Plural, a chef garante que não tem medo da cozinha tradicional, mas busca sempre se reinventar a cada novo prato

Foto: Divulgação

 

Corrida, mas compensatória. É assim que a proprietária e chef do Restaurante Barbossa Cozinha Plural, localizado na cidade de Recife, em Pernambuco, descreve sua vida de chef. Bárbara Valença traz em seu repertório várias referências gastronômicas acumuladas desde a sua infância.

 

Quem é a chef Bárbara Valença?

 

Bárbara Valença de Melo, de 30 anos, é chef de cozinha, empreendedora e proprietária do Restaurante Barbossa Cozinha Plural, localizado no Recife, em Pernambuco. Uma chef que traz, até hoje, no seu repertório, várias referências acumuladas desde a sua infância. Referências essas que tem como base algumas experiências que a chef teve na cozinha de sua mãe, avós e tias, quando ainda era criança. Tudo serviu de repertório na sua bagagem gastronômica, em que buscou elementos, sabores e aromas que marcaram a sua infância, no interior de Pernambuco.

 

Foto: Divulgação

 

A chef busca proporcionar na arte da cozinha experiências únicas aos seus clientes no restaurante, transformando sabores em sorrisos. “Sou uma  cozinheira de mão cheia, que não tem medo do fogo, do frio, do novo e nem do tradicional. Alguém que se reinventa a cada nova oportunidade de mexer uma panela’’, comenta.

 

Início do empreendimento e experiências profissionais

 

A paixão da chef Bárbara Valença pela cozinha começou por meio de dois colegas de profissão, em que ela acha que é possível fazer uma comida deliciosa sem cobrar valores absurdos.

 

Antes do espaço físico do restaurante Barbossa Cozinha Plural ser aberto, no início de 2022, o delivery era o que movia o restaurante desde junho de 2021.

 

Foto: Divulgação

 

Com 10 anos de atuação no mercado de food service, a chef é formada pelo Senac/PE e tem em seu currículo passagens pelos restaurantes Cacimba, em Fernando de Noronha; Grupo Spettus e Forneria 1121.

 

Carro-chefe e principais pratos do restaurante

 

Segundo a chef Bárbara Valença, ‘’de entrada, nosso pastel de camarão crocante com toque de gengibre e calda de cajá é um sucesso absoluto na casa. De principal, temos os nossos arrozes caldosos de frutos do mar, que ganham o coração dos clientes na primeira garfada’’.

 

Foto: Divulgação

 

No cardápio do restaurante também é possível encontrar: parme de frango; galinhada; pastel de frango caipira com fonduta de queijo e bacon; ensopadinho de aratu; strogonoff de frango da casa; pastel de carne suína assada lentamente, com geleia de pimenta biquinho; carne de sol com queijo raclette, acompanhado por batatas e farofa da casa; brownie com castanhas do Brasil, calda de cajá e sorvete da casa; e muitos outros pratos.

 

Desafios e metas da chef

 

Bárbara Valença diz que a rotina de um chef de cozinha é ‘’corrida, mas compensatória. Os desafios são se destacar no mercado consolidado de bares e restaurantes em Recife, com uma proposta nova, descolada e diferente’’.

 

Foto: Divulgação

 

No restaurante, a chef conta com ajuda de quatro funcionários na operação da cozinha e salão. Sua principal meta para o empreendimento é abrir a parte superior do seu restaurante com a ideia de um lounge atrativo e receptivo para os clientes.

 

Adaptações profissionais durante a pandemia de Covid-19

 

De acordo com a chef, mesmo com a diminuição de funcionamento do Barbossa Cozinha Natural, ela e sua equipe continuaram trabalhando durante a pandemia de Covid-19. ‘’Os serviços de bares e restaurantes pararam no início da pandemia. Tivemos que nos reinventar e criar a vivência de ‘estar no restaurante’, dentro da casa do cliente. Seja com delivery ou em eventos privados. Isso nos ajudou a não parar de vez e, assim, conseguimos aumentar a visibilidade do nosso restaurante no food service’’, explica.

 

Visão da chef sobre o atual segmento de alimentação fora do lar

 

Sobre a atual área de alimentação fora do lar, a chef acredita que, ‘’durante a quarentena, quando fomos obrigados a passar pela pausa das atividades no comércio e restaurantes por causa da pandemia de Covid-19, as pessoas foram obrigadas a ficarem dentro de suas casas e só fazerem os seus pedidos pelo delivery. Hoje, com a retomada das atividades no Estado de Pernambuco, as pessoas estão procurando ambientes abertos, novidades, querem ver pessoas, beber algo e comer bem. Estão cansadas de estar em casa.  Um ambiente bacana, além de claro, e uma comida saborosa tem seu destaque no mercado. Nada é mais gratificante do que a gratidão do cliente depois de viver a experiência que a nossa comida proporciona.  Colocamos nosso amor e energia nos pratos, é uma forma de amar as pessoas por meio da nossa comida’’, detalha.

 

Foto: Divulgação

 

Dicas para atuar no mercado food service

 

A chef diz que suas principais dicas para os empresários do mercado food service são: ”seja resiliente, focado, tenha muito estudo e disciplina. Quando a gente ama o que faz, ser bom é uma consequência. Procure bons fornecedores e avalie sempre os seus custos para não perder o controle da casa’’, finaliza Bárbara Valença.

 

E aí? O que você achou sobre essa história? Hoje, na editoria Vida de Chef, contamos sobre a chef Bárbara Valença, que é proprietária do Restaurante Barbossa Cozinha Plural, em Pernambuco. Esperamos que você tenha curtido e que continue nos acompanhando!

Escrito por #molongui-disabled-link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários

0 comentários

Havanna apresenta novos produtos para a Páscoa de 2022

Mundo Limpo Vida Melhor ASA: conheça o programa que transforma óleo de cozinha de bares e restaurantes de Recife – PE em sabão em barra