in

Curso de Gastronomia Funcional: uma formação em ascensão no atual mercado food service

Alimentos funcionais estão entre as principais tendências da indústria de panificação de acordo com a Associação Brasileira da Industria de Panificação e Confeitaria (ABIP)

Foto: NaturalChef - Divulgação

 

Começar a fazer parte do mercado food service e/ou aprimorar os seus conhecimentos e experiências nesse segmento fazem parte dos seus planos para este ano de 2022?

 

Se sim, hoje, nós da Rede Food Service queremos te apresentar o curso de Gastronomia Funcional, que é uma formação em ascensão no atual mercado de alimentação fora do lar.

 

De acordo com a Associação Brasileira da Industria de Panificação e Confeitaria (ABIP), os alimentos funcionais estão entre as principais tendências da indústria de panificação neste ano de 2022, uma vez “esse tipo de alimento é aquele que tem ingredientes benéficos à saúde e às funções básicas do nosso organismo. E, com a preocupação crescente em manter uma dieta balanceada e nutritiva, a busca desses alimentos vem aumentando, inclusive, nas padarias. Os alimentos funcionais são capazes de atuar até mesmo na prevenção e controle de doenças e condições, como a diabetes, o câncer e a hipertensão”, informa recente divulgação da ABIP à imprensa.

 

Ana Raquel Araújo da Silva, de 43 anos, Coordenadora do curso de Gastronomia Funcional na Faculdade Unyleya, reforça que “o mercado de alimentação fora do lar é um dos que mais cresce e se profissionaliza no Brasil. A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (ABRASEL), em uma entrevista em 17 de agosto de 2017, afirmou que a alimentação fora do lar movimenta bilhões de reais em todo Brasil. Com foco nessa realidade bastante promissora, o nosso curso de Pós-Graduação em Gastronomia Funcional e Natural visa desenvolver as competências necessárias para aplicar modernas técnicas de gastronomia, cocção e apresentação de pratos funcionais e naturais. A gastronomia está em constante evidência, despertando em muitos o interesse em cozinhar. Os lugares de atuação do profissional formado nessa pós são variados. Eles podem trabalhar em restaurantes, bares, lanchonete, buffets, eventos de todos os tipos, indústrias, hospitais, clubes sociais e hotéis. O curso capacita profissionais para atuação na alimentação funcional e natural em restaurantes, hotéis e na administração de empreendimentos. Ademais, capacita profissionais de nutrição, alimentação e gastronomia para o aperfeiçoamento do conhecimento nas propriedades funcionais dos alimentos e estilo de vida saudável”, ressalta.

 

Foto: NaturalChef – Divulgação

 

Luísa Bonckewitz, de 36 anos, Gerente Administrativa da Escola NaturalChef – Gastronomia Saudável e Funcional, localizada em Florianópolis, Santa Catarina, complementa que “de acordo com um levantamento da Euromonitor Internacional, o mercado da alimentação saudável cresceu 33% no mundo de 2015 e 2020 e, hoje, o Brasil está na 7ª posição mundial dos países que mais se preocupam com esse setor. E, no nosso dia a dia e viagens que fazemos para pesquisas de mercado, observamos que, cada vez mais, as pessoas estão preocupadas com a saúde. Portanto, acreditamos muito em uma expansão cada vez maior desse mercado da alimentação saudável e slow food. Por isso, incentivamos os nossos alunos a investirem em seus negócios com foco nesse setor”, endossa.

 

Mas, o que é o curso de Gastronomia Funcional?

 

Segundo Silva, da Faculdade Unyleya, o curso de Gastronomia Funcional da instituição “tem uma metodologia específica para os cursos EAD. O processo de ensino e aprendizagem é focado no aluno, que conta com a disponibilização de material didático em diversos formatos para que, independentemente das suas preferências, possa aproveitar ao máximo o seu curso. Na nossa faculdade, o tutor/professor faz a gestão individualizada, acompanhando, avaliando e motivando o aluno durante a sua caminhada. O curso é 100% online e todas as avaliações acontecem no Portal do Aluno. Não há exigência de desenvolvimento de Trabalho de Conclusão de Curso – TCC. As interações assíncronas entre tutor/professor e alunos, no material didático disponibilizado e nas atividades avaliativas, acontece em todas as disciplinas, que são oferecidas sequencialmente, porém, sem pré-requisitos entre elas. Ao todo, o curso tem 360 horas, com duração média de 8 meses. Nesse período, os alunos estudam várias disciplinas, entre elas, alimentos funcionais com ênfase em gastronomia, aplicação de técnicas gastronômicas aplicadas a alimentação saudável, composição e química dos alimentos, elaboração de cardápios funcionais e gastronomia fit, história da alimentação e novas tendências e fundamentos nutricionais aplicados a gastronomia funcional e natural. A primeira turma do curso de Gastronomia Funcional e Natural foi em 2019 e, desde então, o curso tem se destacado entre os cursos da Unyleya”, ressalta.

 

Foto: NaturalChef – Divulgação

 

Bonckewitz, da Escola NaturalChef – Gastronomia Saudável e Funcional, por sua vez, conta que “a Escola NaturalChef foi fundada em 2016. Nós começamos com o nosso curso de formação, o Diploma NaturalChef, e, no ano seguinte, vimos a necessidade de expandir as modalidades de cursos para poder receber em nossa escola mais pessoas, com outros objetivos. Foi, então, que lançamos os cursos livres de curta duração e intensivos, que têm como objetivo receber pessoas que querem iniciar no mundo da Gastronomia Funcional ou aplicar novos conhecimentos e possibilidades em seu dia a dia ou negócios. Nossa ênfase baseia-se em fazer o uso dos alimentos como forma de terapia. Ensinamos a cozinhar utilizando técnicas da culinária saudável, que abordem biodisponibilidade, preservação e/ou extração dos compostos bioativos, que são os verdadeiros responsáveis pela manutenção da saúde dos indivíduos, prevenção e tratamento de doenças. Capacitamos profissionais para atuar na área de Gastronomia Saudável e Funcional, que nos ajudam a mostrar para o mundo que podemos ter na despensa de nossa casa uma verdadeira farmácia natural, fazendo o uso exclusivo dos alimentos como forma de terapia. Hoje, nós temos diversas modalidades de cursos e a indicação da melhor opção para cada aluno vai depender dos seus objetivos com os estudos. O Diploma NaturalChef, nosso curso de formação em Gastronomia Saudável e Funcional, é um curso de extensão, com carga horária de 125 horas e duração de 10 meses. Esse curso tem como objetivo aliar as técnicas da gastronomia e os conhecimentos da nutrição para levar mais saúde para as preparações. Assim, durante os 10 meses de curso, os alunos aprendem sobre Gastronomia Funcional, com embasamento científico e prático, que une os conceitos de nutrição, gastronomia e empreendedorismo, adequando as técnicas dietéticas e culinárias avançadas para criação de pratos, cardápios e receitas para saúde. São aulas sobre a introdução à Gastronomia Saudável e Funcional, seus conceitos e principais técnicas; fitogastronomia e o uso de plantas na culinária e suas propriedades terapêuticas; estética de pratos e branding para o ramo da gastronomia saudável, com dicas de fotografia culinária para melhora da apresentação dos pratos e montagem da divulgação; técnicas culinárias para saúde e bem-estar, com abordagem sobre a fermentação natural e seus benefícios, passando pelo estudo da fisiologia do sistema digestório; confeitaria funcional, com aulas sobre formas de adoçar e tipos de açúcares para a preparação de doces mais saudáveis; cozinha natural aplicada à prevenção de doenças crônicas e tipos de dietas, que aborda sobre a tendência plant based e a comprovação científica de dietas para prevenção de doenças cardiovasculares, diabetes, câncer e hipertensão; gastronomia e alimentação saudável nos ciclos da vida, com artes culinárias aplicadas ao público materno infantil, nutrição para preconcepção, gestação e primeiros 1000 dias, introdução alimentar funcional, lancheira saudável; gastronomia mundial aplicada à culinária saudável, com aplicação de PANC’s em pratos regionais e clássicos, repaginados para refeições cheias de saúde; personal Cchef, que ensina sobre os conceitos e estruturação desse tipo de serviço, além de abordar sobre precificação, fichas técnicas e formulação de cardápios; e empreendedorismo no mercado da alimentação saudável, que mostra os passos para que o aluno desperte seu lado empreendedor e acompanhe as tendências do mercado da alimentação saudável”, detalha.

 

Qual é o perfil de aluno do curso de Gastronomia Funcional e custos?

 

A Faculdade Unyleya já formou diversas turmas de alunos no curso de especialização em Gastronomia Funcional e Natural. Com esse embasamento, Silva orienta que o perfil de aluno dessa formação, normalmente, é composto por “profissionais de nível superior que atuam na área da alimentação, tais como: Nutricionistas, Engenheiros de Alimentos, Gastrônomos, Empreendedores no ramo de Alimentação, Diretores, Gerentes e Supervisores de empreendimentos gastronômicos. Profissionais que desejam investir no mercado de alimentos e da Gastronomia Funcional e Natural, assim como graduados em Gastronomia, produtores de eventos, profissionais das áreas de hotelaria, turismo, administração e químicos de alimentos. A condição prévia para a matrícula no curso é a comprovação de nível superior apresentada pelo candidato. O valor do curso tem um investimento de cerca de doze parcelas de R$ 300″, divulga.

 

Foto: NaturalChef – Divulgação

 

Na Escola NaturalChef, Bonckewitz informa que “hoje, temos mais de mil alunos formados pelo Diploma NaturalChef espalhados por todo o Brasil e pelo mundo. Estamos em todos os Estados brasileiros e em 22 países, contando com mais de quatro turmas em andamento. O Diploma NaturalChef é indicado para todas as pessoas que desejam melhorar a sua alimentação no dia a dia e da sua família e para os empreendedores que buscam se aperfeiçoar e conhecer mais sobre as tendências e técnicas para levar novidades para os seus negócios. O nosso curso dá ao aluno conhecimento e embasamento para que ele possa criar suas próprias preparações, com escolhas mais saudáveis e conscientes. Atualmente, temos o curso em duas versões: presencial e online. Na modalidade online, as pessoas têm acesso ao curso de qualquer lugar do Brasil e do mundo, com aulas ao vivo e também gravadas, recebendo a mesma carga horária, qualidade e certificação, sem a necessidade de se locomover até a nossa sede para obter os conhecimentos. Para fazer a nossa formação, o investimento aproximado é de 5 mil reais”, explica.

 

Características necessárias para tornar-se um bom profissional do ramo de Gastronomia Funcional

 

Sobre as características necessárias para tornar-se um bom profissional do ramo de Gastronomia Funcional, Silva, da Faculdade Unyleya, afirma que “para ter um bom êxito na Gastronomia Funcional é preciso amor pela arte de cozinhar alimentos saudáveis. E o nosso curso dá subsídio aos alunos no preparo de alimentos com foco na melhoria da qualidade de vida, trabalhando a interseção entre os princípios básicos da gastronomia com os da nutrição para uma alimentação funcional e natural.  Além disso, alia as mais variadas técnicas aos conceitos relacionados à Nutrição e à Gastronomia Funcional, assim como aprimora os conhecimentos de nutrição e gastronomia, com ênfase nas técnicas da culinária saudável que abordam biodisponibilidade dos nutrientes, preservação e/ou extração dos compostos bioativos, que são os verdadeiros responsáveis pela manutenção da saúde dos indivíduos. Nesse mesmo contexto, temos ainda a preocupação em respeitar as características bioquímicas, sem esquecer o apelo gastronômico”, garante.

 

Ana Raquel, Coordenadora na Faculdade Unyleya – Foto: Divulgação

 

Bonckewitz, da Escola NaturalChef – Gastronomia Saudável e Funcional, aponta que a principal característica para ser bem-sucedido (a) nessa área, “é ter disposição, vontade e persistência. Além, claro, de ter um bom planejamento de mercado, visto que a Gastronomia Funcional tem diversas áreas de atuação, como cozinha inclusiva, sem açúcar, baixo em carboidrato, vegan, plant based, alimentação infantil e outras dietas específicas. É necessário entender qual é o nicho que vai querer atingir e os produtos ou serviços que serão prestados para esse público”, orienta.

 

Atuais oportunidades para quem faz o curso de Gastronomia Funcional

 

Já ficou interessado (a) em fazer curso de Gastronomia Funcional, não é mesmo? Então, saiba que as atuais oportunidades para quem faz essa formação são vastas e bastante diversificadas. “A gastronomia atualmente está relacionada com a cultura de cada região, com pratos típicos, saudáveis e uma alimentação funcional. Com isso, servir bem tornou-se uma regra em restaurantes e/ou em eventos. Todavia, o gastrônomo não trabalha apenas nos restaurantes, mas em diversos lugares. Dessa forma, o profissional de Gastronomia Funcional pode atuar em empresas de fiscalização sanitária; indústrias; escolas; hospitais, hotéis e etc. Enfim, onde haja uma perspectiva saudável e funcional. Pode-se também atuar na carreira como personal chef, atendendo ambientes particulares”, sinaliza Silva, da Faculdade Unyleya.

 

Foto: NaturalChef – Divulgação

 

Conforme Bonckewitz, da Escola NaturalChef – Gastronomia Saudável e Funcional, “o aluno do Diploma NaturalChef conclui o curso com uma grande bagagem de informações e conhecimento sobre a Gastronomia Funcional de todos os tipos de dietas (onívora, vegetariana e vegana), permitindo a ele fazer suas próprias criações e desenvolvimento em seu negócio. O curso permite também ao aluno usar dos conhecimentos aprendidos para incluir mais opções saudáveis no cardápio do seu estabelecimento ou do local em que atua, realizar cursos de culinária saudável e funcional e exercer serviços de personal chef, sempre com o intuito de espalhar conhecimento sobre saúde ao maior número de pessoas”, enfatiza.

 

Média salarial do profissional de Gastronomia Funcional

 

Por fim, de acordo com Silva, da Faculdade Unyleya, hoje em dia, “o salário médio da área de Gastronomia varia de acordo com cada Estado. As médias salariais vão de um salário-mínimo a cerca de R$ 3.500,00. Porém, a Gastronomia Funcional e Natural está em ascenção. Portanto, os salários podem chegar a valores ainda maiores. Além disso, um profissional com especialização nessa área tem oportunidades melhores. Assim, o investimento vale muito a pena. Hoje, o mercado de food service vem avançando na incorporação dos alimentos funcionais aos seus cardápios para oferecer opções mais saudáveis e nutritivas, direcionadas a qualquer público que busca qualidade de vida, principalmente, após o impacto da pandemia de Covid-19. Dessa maneira, a formação em Gastronomia Funcional disponibiliza ao mercado de food service profissionais capacitados para atender à essa nova demanda de consumo, que é intimamente relacionada à concepção de saúde e de qualidade de vida”, alerta.

 

Foto: NaturalChef – Divulgação

 

Bonckewitz, da Escola NaturalChef – Gastronomia Saudável e Funcional, concorda com Silva e acrescenta que “os nossos alunos que seguem profissionalmente a carreira de chef de cozinha partem do mesmo nível salarial dos chefs tradicionais, mas com grande potencial de conseguirem atingir patamares superiores, como diversos casos de pessoas que se formaram conosco e temos conhecimento dos rumos profissionais, pois apresentam os diferenciais elencados, que trazem além da estética e do sabor, uma qualidade nutricional superior, além da capacidade de adequações e substituições de alimentos que possam gerar reações alérgicas ou intolerâncias. Diferenciais esses que estão, cada vez mais, sendo buscados por restaurantes, mesmo não voltados à gastronomia saudável. E é justamente por essa entrega diferenciada que estimulamos muito aos nossos alunos que empreendam, pois, apesar de estar em crescimento e sendo muito visto, ainda existe um espaço tremendo para se desenvolver, com diversas linhas e focos de atuação”, indica.

 

E aí? Partiu fazer curso de Gastronomia Funcional? Esperamos que tenhamos despertado esse interesse em você! Afinal, sabemos que o mercado food service é movido por Gente e profissionais capacitados fazem toda a diferença. Por isso, continuem nos acompanhando e, toda semana, aprendendo mais sobre o nicho nacional de alimentação fora do lar!

Escrito por #molongui-disabled-link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários

0 comentários

Kebabs de Tofu

Sô Madruga: o bar inspirado na Vila do Chaves criado por três amigos empresários