in

Chega ao mercado brasileiro o novo Molho de Soja Kikkoman sem açúcares

Com fabricação em Campinas/SP a marca aposta no desempenho positivo do novo produto

Foto: Divulgação

 

Com o objetivo de combinar o sabor dos produtos Kikkoman com a culinária brasileira, e sempre em busca de inovação, a Kikkoman do Brasil apresentou nesta semana em São Paulo, o novo Molho de Soja sem açúcares.

 

Board Kikkoman do Brasil (esq. para direira: Sosuke Akimoto: Vice-Presidente,
Takashi Mie: Vice-Presidente Industrial e Hideyuki Ozaki: Presidente) e equipe Rincon – Foto: Divulgação

 

O produto foi desenvolvido para atender ao paladar do brasileiro, porém sempre mantendo as suas raízes com a base do Shoyu Kikkoman, produzido e fermentado no Brasil.

 

A Kikkoman do Brasil vem trabalhando constantemente em sua comunicação para reforçar que os produtos da marca japonesa são versáteis e saborosas combinações para as receitas da culinária japonesa e para as refeições do dia a dia dos lares.

 

A marca acredita que o novo molho terá uma representatividade importante para o portfólio da Kikkoman no país. O Molho de Soja Kikkoman sem açúcares combina bem com saladas, pratos frios, pratos quentes e todas as carnes da preferência do consumidor e estará à venda nos estabelecimentos parceiros da marca nas próximas semanas e nos tamanhos 150ml, 500ml para venda no varejo e na versão 5l para o foodservice.

 

 

Kikkoman do Brasil

A Kikkoman é uma das mais tradicionais empresas alimentícias do Japão. Líder mundial em produção de shoyu, conta com o mesmo processo de fabricação com fermentação 100% natural desde o início da Era Edo, há mais de 300 anos. Atualmente, são três bases de produção no Japão e oito no exterior, avançando com a alta qualidade na produção de todos os molhos pelo mundo. Foi pensando no exigente paladar brasileiro que em 2018 a marca apresenta a nova linha de molhos. Para reforçar sua presença no Brasil, a empresa adquire, em abril de 2020, a Azuma Kirin Company, detentora das marcas Azuma, Azuma Kirin e Mirokumai.

Escrito por #molongui-disabled-link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários

0 comentários

TRABALHO REMOTO – Uma realidade a ser encarada

Copa Lombo com Molho de Maracujá