in

Do fogão ao Digital

por Marcio Blak, articulista convidado da Rede Food Service

Foto: Getty Images

 

A “Transformação Digital” foi, sem dúvidas, uma das expressões mais faladas nestes últimos 12 meses, no mercado em geral, em decorrência da Pandemia. Muitos negócios ficaram de portas fechadas por causa de várias restrições, e o varejo de uma forma geral, foi bastante impactado.

 

No Food Service, diferente do varejo, onde este já dava seus primeiros passos no e-commerce, muitos dos estabelecimentos de alimentação sequer faziam delivery. Dos que faziam, muitos ainda tinham apenas o boca-boca como aliado na sua divulgação, e eram operados pelo telefone.

 

Em 2019, a NRA – National Restaurants Association – previu uma transformação digital no setor de food service pelos próximos 10 anos, porém, em questão de dias, tudo mudou. A Transformação Digital não é apenas sobre softwares, ela está baseada em 3 importantes pilares que devem ser entendidos, antes mesmo de começarmos qualquer tentativa de transformação.

 

Vamos conhecer os 3 P’s da Transformação Digital ?

  • Processos
  • Pessoas
  • Programas (softwares)

 

Começamos pelos processos, você já se imaginou digitalizando o “caos”?

 

Então, tudo que precisamos para iniciar uma transformação digital é garantir que o que vai passar a ser digital, tem seus processos bem definidos. Por exemplo, não adianta queremos receber um pedido de um app de delivery integrado ao PDV para que seja produzido somente quando apareça no KDS da cozinha, e ao chegar no pdv, você “cantar” o pedido para cozinha. Outro exemplo, não adianta querer usar a “Manifestação de NFe pelo Sefaz”, se não conferimos a mercadoria ao chegar, e por aí vai.

 

Passada a etapa de mapear todos os processos que entrarão na nossa lista de “digitalização” é importante dar atenção às pessoas. Sim, o digital passa pelas pessoas, afinal serão nossos colaboradores, sócios, gestores, que irão utilizar e, se tudo der certo, beneficiar-se do resultado. A cultura da empresa é muito importante.

 

Se não estivermos abertos ao novo, nada dará certo. Se não houver treinamento, nada dará certo. Por fim, vêm os programas, os softwares, estes que a princípio poderiam ser os primeiros a serem colocados no foco, de fato são os últimos! Uma vez que você analisou e mapeou os processos, deu a atenção à cultura da empresa para que todos estejam de “mentes abertas”, daí sim, você, com auxílio de um especialista, conseguirá escolher os produtos que vão te atender, em cima dos processos necessários para digitalização

 

Um processo de digitalização de Restaurantes vai passar por diversos softwares, e que provavelmente estarão interligados, aproveito para listar aqui alguns produtos que você poderá precisar:

 

  • Sistema de Automação de PDV
  • Sistema de Gestão em nuvem
  • SmartOrders para pedidos via celular, local e entregas
  • Integrações com apps de delivery em marketplaces e próprios
  • Gateways e carteiras digitais para pagamentos digitais
  • KDS para produção

 

Importante pensarmos durante a conclusão deste estudo prévio para uma Transformação Digital é que, para executá-la por completo é muito importante estar bem assessorado por um especialista para evitar problemas durante a seleção e implantação dos futuros sistemas escolhidos.

 

Aproveite o momento em que as soluções estão surgindo a todo momento, mude a cultura de seu Restaurante para que possa receber o digital de forma eficiente, e tire todo o proveito que esta transformação trará ao sua operação e gestão.

 

Bons Negócios!

 

 

Sobre o Autor

Marcio Blak é especialista no mercado de TI, com Graduação em Engenharia Eletrônica pela UFRJ e MBA pela FGV em Gestão de Negócios em TI. Atua como Consultor Estratégico para assuntos de Tecnologia de sistemas de Gestão para o setor de Food Service, Varejo e Franquias. Possui mais de 25 anos de experiência em gestão empresarial, adquirida em empresa de médio porte do segmento de software ERP, automação comercial e sistemas web e de e-commerce, com diversas contribuições em outros setores.

Escrito por #molongui-disabled-link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários

0 comentários

Linha NotIceCream da NotCo traz opções de sorvetes com sabores apreciados pelos brasileiros

Vida de chef empreendedora é com Martha Autran