in

O cliente como ser humano a partir de 2021

por Prof. Dr. Rogério Stival Morgado, articulista da Rede Food Service

(Foto: Getty Images)

 

Nesse artigo apresentamos um breve quadro de quanto os consumidores são influenciados por fatores sociais, culturais, individuais e psicológicos. Fatores esses que afetam o seu comportamento e impactam na decisão de compra de produtos e serviços, por isso devem ser bem compreendidos em períodos de retomada de negócios, pois as empresas que melhor conhecem esses pontos, podem influenciar positivamente os seus consumidores.

 

Ao final veremos algumas das principais tendências referentes ao comportamento do consumidor para os dias que virão…, após a pandemia, mas eu acho que eles já valem ser compreendidos a partir de agora. Espero que gostem.

 

Há muito tempo, algumas empresas já enxergam o cliente como seu bem mais valioso e criam estratégias para conhecer o comportamento do consumidor, melhorar as interações com eles, o seu atendimento, promover melhorias na qualidade de seus produtos e proporcionar uma melhor experiência para os seus clientes. Dessa maneira as organizações buscam cumprir esse papel, e se possível, dar algo a mais, atendendo as necessidades e os DESEJOS dos clientes e assim, se mantendo nos mercados competitivos. E no Food Service isso não tem sido diferente.

 

Percepção: nós fazemos percepção através dos cinco sentidos, que despertam as sensações e induzem a ação. Será que a sua empresa está usando isso juntos aos seus clientes e ações de marketing, inclusive para um melhor consumo.

 

Atitude: comportamento frente a uma avaliação geral e duradoura a respeito de pessoas, objetos, anúncios e questões. Podendo ser as funções utilitária (recompensa ou punição), expressiva de valor (identidade social) e conhecimento (necessidade de ordem, estrutura ou significado). As campanhas de comunicação (inclusive as mensagens digitais) ponderam isso atualmente.

 

Motivação: a motivação refere-se aos processos que fazem com que as pessoas se comportem em busca de algo. A sua organização relaciona a motivação dos consumidores aos seus produtos e serviços.

 

Aprendizagem: é um processo individual que tem influências psicológicas e é apropriado para situações de consumo, pois os consumidores, seres humanos, aprendem diariamente, evoluem e se transformam. Dessa forma eles analisam as organizações e o que cada uma delas tem a oferecer, fazem comparações e com certeza, as empresas que ignoram essas observações correm o risco de perder a preferência.

 

Apresento também três das principais tendências dos estudos sobre o consumidor para 2021, de forma geral para os diferentes setores de negócios e que servem para empresas de diferentes portes.

 

1) Relacionamento com o cliente: ele é a joia da instituição e deve ser tratado como tal. É preciso criar melhoria do atendimento, se antecipar as suas necessidades, estar disponível para ele em todas as etapas da compra, promover interação virtual e pessoal, personalizar as mensagens de acordo com a linguagem deles e melhorar a experiencia de compra, dando a possibilidade de efetuar compras on-line e retirada off-line, em espaços criados para esse processo de encantamento do cliente.

 

2) Marketing digital: estratégias e ações por meio das novas tecnologias como internet, telefonia celular e outros meios digitais para divulgar produtos ou serviços de uma organização e efetuar negócios. Permite a individualização dos produtos e serviços, onde há uma melhor interação entre a empresa e o consumidor.

 

3) Consciência e ética: Os consumidores hoje são mais conscientes com os produtos que consomem e como na maioria, despertaram para a busca constante de aprendizado, tendem a consumir produtos de empresas que tenham essa mesma preocupação. Produtos que não impactem negativamente o meio ambiente, respeite as diferentes culturas, os animais e claro, o ser humano.

 

Essas tendências, com ênfase na sustentabilidade nas diferentes formas de consumo, são essenciais para atuar com os consumidores que buscam consumir melhor, de acordo com valores humanos, com qualidade e pensando na sociedade como um todo.

 

Assim, os fatores apresentados e as grandes tendências sobre o comportamento do consumidor; colocando e entendendo-o acima de tudo como ser humano, em seus fatores racionais e emocionais perante as enormes mudanças ocorridas nesse ano, estarão em evidência ainda maior a partir de 2021 nas decisões de consumo.

 

 

Prof. Dr. Rogério Stival Morgado

Graduado, mestre e doutor pela USP; Professor universitário de extensão, graduação e pós-graduação.Desenvolve assessoria de gestão e treinamentos em diversas empresas.

E-mail para contato: [email protected]

Escrito por #molongui-disabled-link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários

0 comentários

2020 E O TÊNIS…

Confira 7 dicas para promover a prevenção de trabalhadores contra o Covid-19 em restaurantes