in

Academia da Cerveja é criada por escolas cervejeiras e Ambev

Alunos da nova instituição poderão contar com cursos específicos baseados na metodologia de ensino da VLB Berlin, que possui mais de 140 anos de história

Projeto tem como parceiro o Instituto VLB Berlin, considerado uma referência mundial na área de pesquisa, análise e suporte técnico (Foto:Divulgação)

 

Uma ótima novidade para quem sonha em entrar e/ou se aprimorar no promissor mercado cervejeiro. Acaba de ser lançada a Academia da Cerveja, um projeto inédito e colaborativo criado por relevantes escolas cervejeiras e a Ambev com o objetivo de fomentar esse nicho. “A Academia da Cerveja é resultado de esforços e pensamentos conjuntos de iniciativas voltadas à educação cervejeira realizadas pelo setor nos últimos anos. Em parceria com o histórico instituto alemão VLB Berlin e algumas das mais importantes escolas cervejeiras do país, como a Escola Superior de Cerveja e Malte, Instituto Ceres e Instituto Marketing Cervejeiro, o projeto busca democratizar o conhecimento e elevar o setor à alta performance de profissionalização. Especialistas da Ambev e do mercado nacional e internacional são os responsáveis pelo desenvolvimento de conteúdos técnicos e exclusivos direcionados a especialistas na modalidade avançada da grade curricular dos cursos oferecidos pelo centro. Os alunos poderão contar ainda com cursos específicos baseados na metodologia de ensino da VLB Berlin, que possui mais de 140 anos de história, além de certificação reconhecida internacionalmente. A iniciativa contribui para, entre outras frentes, o avanço do setor cervejeiro brasileiro com o compartilhamento de conhecimentos técnico e prático relacionados a processos de produção, segurança de alimentos, sustentabilidade, tecnologia cervejeira, inovação e outros temas que potencializam a atuação desse ecossistema”, detalha a assessoria de imprensa da Ambev.

 

Em entrevista à Rede Food Service, Laura Aguiar, Mestre-Cervejeira e Head de Conhecimento e Cultura Cervejeira da Ambev, ressaltou que “entendemos que a profissionalização, educação cervejeira e a democratização de conhecimento são processos essenciais para a solidificação e destaque do mercado brasileiro. Unir a expertise técnica e a experiência de grandes institutos de ensino cervejeiro em um único espaço fomenta o ecossistema e auxilia em um desenvolvimento saudável, conjunto e democrático”.

 

Roberto Biurrun, Coordenador da VLB Berlin para América Latina, frisou que “o instituto é hoje uma referência mundial na área de pesquisa, análise e suporte técnico que forma, anualmente, grandes nomes da cena cervejeira”, ressalta.

 

Chiara Barros e Patricia Sanches, fundadoras do Instituto Ceres, complementaram que “a Academia da Cerveja está alinhada à missão do Instituto Ceres de fazer a educação cervejeira alcançar todas as pessoas. Estamos muito felizes em participar desse projeto que nos dá a oportunidade de propagar nossa paixão pela cerveja com tantos outros apaixonados”.

 

Já Carlo Bressiani, Diretor da Escola Superior de Cerveja e Malte, afirmou que “juntar forças para levar educação cervejeira a todos os segmentos da sociedade e reforçar os fundamentos de um mercado saudável e sustentável é o que buscamos neste projeto. Um mercado cervejeiro mais preparado é um mercado cervejeiro mais forte”, garante.

 

Por fim, Érica Barbosa, fundadora do Marketing Cervejeiro, instituto que também faz parte da iniciativa, partilhou que “ter uma sede para chamar de nossa na maior cidade do Brasil, com toda a estrutura que precisamos para oferecer o melhor aos alunos, é um passo importante para o Instituto Marketing Cervejeiro. E quando digo ‘nossa’ é no sentido da pluralidade desta escola colaborativa. Estar na Academia da Cerveja ao lado de outras instituições que admiramos nos aproxima de um público mais diverso”.

Escrito por #molongui-disabled-link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários

0 comentários

E é chegado o fim do ano, tão esperado…

Peru Digital é lançado como alternativa às cestas de final de ano