in

Grupo HEINEKEN e Instituto da Cerveja lançam programa gratuito de capacitação cervejeira para moradores da periferia

50% das vagas deverão ser preenchidas por mulheres e fundador da cervejaria artesanal Graja Beer será o curador técnico e comunitário do projeto

Foto: Divulgação

 

Tem interesse em se capacitar para conquistar um novo emprego em meio à atual pandemia de Covid-19? A Rede Food Service separou um recado especial para você!

 

O Grupo HEINEKEN no Brasil e o Instituto da Cerveja Brasil (ICB) acabam de lançar um programa gratuito de capacitação cervejeira para moradores exclusivamente de periferias brasileiras.

 

De acordo com as assessorias de imprensas das marcas, o programa tem como objetivo fazer do conhecimento cervejeiro uma porta de entrada para as oportunidades de trabalho no setor, prevê que 50% das vagas deverão ser preenchidas por mulheres e o fundador da cervejaria artesanal Graja Beer será o curador técnico e comunitário  do projeto, com início previsto no Grajaú, periferia de São Paulo, mas que irá percorrer todo o país. “Ao todo, mais de 30 turmas serão formadas até 2023. A turma inaugural, que também será o piloto do programa, acontece em novembro deste ano nas instalações da Graja Beer, na comunidade do Grajaú. A partir de janeiro de 2021, a iniciativa começa a percorrer o país e passará por 10 comunidades de cidades como Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG), Curitiba (PR) e Fortaleza (CE)”, informa.

 

Expectativas

 

Em entrevista à Rede Food Service, Leandro Sequelle, fundador da cervejaria artesanal Graja Beer, disse que acredita que “por ser uma bebida tão popular e democrática, a cerveja tem o poder de contribuir igualmente para a melhoria da sociedade e das relações humanas. Nosso projeto une educação cervejeira, comunidade, alegria, diversidade e a potência de um novo amanhã. A parceria HEINEKEN, ICB e Graja Beer celebra o melhor do nosso mercado cervejeiro e o melhor do nosso povo”, ressalta

 

Estácio Rodrigues, sócio-fundador do Instituto da Cerveja, completou que crê que “a educação transforma a vida das pessoas. Esse é um grande passo, pois queremos, por meio da educação cervejeira, ajudar as pessoas da periferia a ingressarem no mercado de trabalho”, garante.

 

Já Thais dos Santos, Gerente de Comunicação Corporativa do Grupo HEINEKEN no Brasil, por sua vez, destacou que “acreditamos na cerveja como um elemento importante de conexão e queremos contribuir para o crescimento socioeconômico do país, em especial dos moradores e moradoras das periferias. A possibilidade de fazer isso de forma colaborativa com a Graja Beer, que está totalmente inserida nesse contexto, torna o processo ainda mais especial e alinhado com a forma como atuamos no país”, afirma.

 

Como será o programa?

 

O programa de capacitação cervejeira terá duração de três dias, totalizando 20h de aulas presenciais. Os únicos pré-requisitos para se inscrever são ter mais de 18 anos, ser alfabetizado e se interessar pelo universo da cerveja. Não há necessidade de formação mínima ou experiência anterior.

 

A grade de conteúdo do curso abordará conhecimento sobre a cerveja, a cadeia e o mercado cervejeiro e a formação em serviços do setor para atuação em bares e restaurantes. Ao final, os alunos serão avaliados e receberão um certificado de que estão aptos a atuar como vendedores, promotores, garçons, chopeiros, entre outras atividades.

 

A turma piloto do programa de capacitação cervejeira acontecerá de forma presencial para 30 pessoas, mas respeitando todas as regras de distanciamento e cuidados com a saúde e segurança de prevenção do Covid-19. Os participantes do piloto serão diretamente selecionados pelo curador e participarão, ainda, da avaliação do conteúdo do curso. Já a partir de 2021, cada cidade e comunidade contempladas pela iniciativa serão comunicadas sobre o processo de inscrição.

Escrito por #molongui-disabled-link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários

0 comentários

Wickbold lança wrap com vegetais na formulação

Bolsa térmica de transporte de alimentos capaz de inativar o Covid-19 em sua superfície chega ao mercado