in ,

PepsiCo assume compromisso global de utilizar eletricidade 100% renovável até 2040

Líder em alimentos e bebidas une-se à iniciativa RE100 aspirando alcançar 100% de uso de eletricidade renovável mundialmente, nas operações diretas até 2030, e em todas as operações de franquias e terceiros até 2040

Desde 2016, 75% das operações da PepsiCo no México são abastecidas com energia eólica. (Foto: Getty Images)

 

A PepsiCo Inc. anuncia nova meta global de obter 100% de eletricidade de fonte renovável, em todas as suas operações diretas por ela controladas, até 2030 e, em todas as suas operações de franquias e terceiros, até 2040.

 

Com a escala da PepsiCo, a transição tem o potencial de reduzir as emissões de cerca de 2,5 milhões de toneladas métricas de gases de efeito estufa (GEE) até 2040, o equivalente a retirar de circulação mais de meio milhão de carros durante um ano inteiro.

 

Este anúncio baseia-se nos esforços globais da empresa de aumentar o seu uso de fontes de energia renováveis e na sua transição para a eletricidade renovável nos Estados Unidos, seu principal mercado, já anunciada no início deste ano.

 

“Com os efeitos devastadores das mudanças climáticas sendo sentidos em todo o mundo e o sistema alimentar global sob significativa tensão, é necessário atuar de maneira urgente,” comentou Jim Andrew, diretor-executivo de Sustentabilidade da PepsiCo. “Sabemos da responsabilidade que carregamos devido à nossa dimensão e escala, então, fazer a transição das operações comerciais globais da PepsiCo para eletricidade 100% renovável é o passo certo para produzir um impacto significativo, ao mesmo tempo que continuamos a avançar com a nossa agenda de sustentabilidade”.

 

No início deste ano, a PepsiCo assinou o compromisso Business Ambition for 1.5°C , unindo-se a outras empresas líderes no compromisso de estabelecer metas de redução de emissões com base científica, alinhadas com a limitação do aquecimento global a 1,5°C, desenvolvendo ao mesmo tempo estratégia de longo prazo para alcançar emissões líquidas zero até 2050. A companhia fez progressos significativos na redução das emissões de GEE ao longo da sua cadeia de valor – desde trabalhar com agricultores para implementar práticas de eficiência de carbono, por meio do seu Programa Global de Agricultura Sustentável, até operar uma das maiores frotas elétricas da América do Norte.

 

Atualmente, a PepsiCo obtém eletricidade renovável em 18 países, nove dos quais já satisfazem 100% da sua demanda de eletricidade de fontes renováveis. Com a mudança para eletricidade renovável nos Estados Unidos, em curso este ano, a PepsiCo está, neste momento, no caminho para obter 56% da sua eletricidade de fontes renováveis em âmbito mundial até o final de 2020.

 

Com este anúncio, a PepsiCo se une à RE100 – iniciativa liderada pelo The C limate Group em parceira com o CDP – que tem o objetivo de reunir as empresas mais influentes do mundo que estão comprometidas com eletricidade 100% renovável.

 

“Ao fazer a transição das suas operações comerciais globais para eletricidade renovável, a PepsiCo demonstra um forte compromisso no combate às mudanças climáticas, ao mesmo tempo em que enfatiza o aspecto comercial das energias renováveis,” afirmou Sam Kimmins, diretor da RE100 no The Climate Group. “Ao investir no desenvolvimento de novos parques solares e eólicos ao redor do mundo para alcançar o seu objetivo, a companhia está fazendo uma contribuição realmente tangível para acelerar a transição para a energia limpa”, completa.

 

Para utilizar eletricidade 100% renovável mundialmente, a PepsiCo empregará um portfólio diversificado de soluções, incluindo os Acordos de Compra de Energia (Power Purchase Agreements – PPAs), que apoiarão o desenvolvimento de novos projetos – tais como os parques solares e eólicos ao redor do mundo – além da aquisição de certificados de energia que permitirão a transição a curto prazo para fontes renováveis, em muitas regiões.

 

A empresa também continuará expandindo a sua crescente lista de projetos eólicos e solares in situ nas suas instalações, em todo o mundo. A sede global da PepsiCo, em Purchase, no estado de Nova Iorque, instalou painéis de energia solar no telhado no início deste ano.

 

“Na América Latina, a agenda de sustentabilidade é essencial para a continuidade do nosso negócio. Ao longo dos anos, fizemos progressos significativos nos nossos objetivos e estamos orgulhosos de comunicá-los”, afirmou Monica Bauer, vice-presidente de Assuntos Corporativos e Sustentabilidade da PepsiCo América Latina para a Rede Food Service.

 

A PepsiCo tem trabalhado com seus engarrafadores parceiros desde 2008, para maximizar a eficiência energética e hídrica nas operações de bebidas em toda a região da América Latina, com grandes resultados.

 

  • Desde 2016, no México, 75% das operações em âmbito nacional são abastecidas com energia eólica.

 

  • Em 2019, a planta de Cerrillos, no Chile, tornou-se a primeira planta na América Latina a ser abastecida com 100% de energia renovável por meio de 500 painéis solares.

 

  • Sistemas fotovoltaicos foram instalados no Chile, na República Dominicana e no México.

 

 

 

Sobre a PepsiCo

 

Os produtos da PepsiCo são apreciados por consumidores mais de um bilhão de vezes por dia em mais de 200 países e territórios ao redor do mundo. Em 2019, a PepsiCo gerou mais de US$ 67 bilhões em receita líquida, impulsionada por um portfólio variado de alimentos e bebidas, tais como Frito-Lay, Gatorade, Pepsi-Cola, Quaker e Tropicana. O portfólio de produtos da PepsiCo inclui uma ampla variedade de deliciosos alimentos e bebidas, incluindo 23 marcas que geram mais de US$ 1 bilhão cada em vendas estimadas de varejo por ano.

 

Sobre a PepsiCo América Latina

 

A PepsiCo América Latina é uma divisão que inclui todos os seus negócios de bebidas, alimentos e snacks na América Latina, compreendendo 34 mercados emergentes e em desenvolvimento. Nossos negócios de bebidas, alimentos e snacks na América Latina incluem as categorias de snacks, bebidas, cookies e biscoitos e nutrição, que geraram US$ 7,6 bilhões de dólares em receita líquida em 2019. O negócio de Bebidas na região opera por meio de 13 grandes engarrafadores.

Escrito por #molongui-disabled-link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários

0 comentários

Batata Duchesse

Grão Espresso: a rede de cafeterias com 250 unidades espalhadas pelo Brasil que começou com dois carrinhos de café