Pesquisar
Close this search box.

Grano doa 50 mil porções de alimentos para ajudar famílias atingidas pela pandemia

Líder nacional na produção e comercialização de vegetais congelados ajudou várias instituições

(Foto: Divulgação)

 

Mais uma empresa do ramo food service fez doações para famílias atingidas pela crise social e econômica decorrente pela atual pandemia de Covid-19. Desta vez, foi a Grano, líder nacional na produção e comercialização de vegetais congelados, que, em parceria com a Associação Mulheres de Paraisópolis, entidade que produz marmitas e distribui para os moradores mais vulneráveis da comunidade paulista, disponibilizou 5 toneladas de alimentos para esse público.

 

A companhia disponibilizou também mais de 9 toneladas alimentos, o equivalente a 50 mil porções individuais, para o Hospital São Paulo, referência para mais de 5 milhões de habitantes da Grande São Paulo e que atende mais de 1,5 milhão de pessoas na capital paulista. Sendo que tal doação foi dividida em meses. Com isso, desde março, a unidade de saúde recebeu cerca de uma tonelada, totalizando 4.450kg de alimentos.

 

Já para o Hospital Nossa Senhora do Rosário, em Serafina Corrêa, no Rio Grande do Sul, a Grano contribuiu com 3 mil equipamentos de proteção individual (EPIs) para o fortalecimento do estoque da entidade e para a segurança dos profissionais de saúde, além de 60 quilos de alimentos.

 

A empresa auxiliou ainda o Hospital Infantil Pequeno Príncipe, em Curitiba, no Paraná, que recebeu 60 quilos de alimentos para ajudar na recuperação de pacientes internados.

 

Em entrevista à Rede Food Service, Fernando Giansante, CEO da Grano, ressaltou a importância da união da sociedade e de iniciativas solidárias que contribuam para amenizar a situação gerada pela pandemia. “A nossa companhia entende a sua responsabilidade diante desse cenário que estamos vivendo. Somos reconhecidos pela produção de vegetais de alta qualidade e temos ciência que a alimentação saudável contribui para o fortalecimento da saúde. É nossa obrigação ajudar a sociedade em um momento como esse”, disse.

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Fique Atualizado!

Assine nossa newsletter