Pesquisar
Close this search box.

Nestlé lança laboratório de pesquisa para estudar comportamento do consumidor durante a pandemia

Levantamento inédito sobre o impacto do Covid-19 na renda dos brasileiros e de que forma isso repercutiu em gastos com alimentação já foi realizado no C.Lab

Nestle scaled 1
Nestle scaled 1

 

A Nestlé, maior empresa de alimentos e bebidas do mundo, anunciou que lançou o C.Lab, um laboratório de pesquisa in house, com o objetivo de entender e atender às novas demandas do consumidor diante do atual cenário de pandemia de Covid-19. “O laboratório nasceu com o objetivo de aumentar ainda mais a velocidade no tempo da pesquisa, somando a liderança e expertise do time de CMI com o conhecimento das demandas de negócio e atuação em parceria com consultorias de pesquisa especializadas. Com isso, aceleramos a busca pelos insights do consumidor e o direcionamento da estratégia para atuar em um cenário que exige decisões cada vez mais ágeis”, explica Diego Venturelli, Head de Consumer & Marketing Insights (CMI) da Nestlé Brasil, área que coordena o C.Lab na organização.

 

A ideia central da Nestlé é que o C.Lab traga um formato mais ágil e eficaz para levantar e formatar ideias e tendências de consumo. Por isso, um levantamento inédito sobre o impacto do novo Coronavírus na renda dos brasileiros e de que forma repercutiu em gastos com alimentação, entre outros quesitos, já foi realizado no laboratório.

 

Tracking Covid-19 – Impacto no consumo de alimentos

Conforme a pesquisa, intitulada de ‘Tracking Covid-19 – Impacto no consumo de alimentos’, 34% dos brasileiros que perderam renda durante a quarentena aumentaram os gastos com alimentos, como frutas, verduras, leites, chocolates, biscoitos e carnes, número que sobe para 37% entre os que tiveram incremento de renda no período.

 

Ao todo, o estudo envolveu 593 pessoas de 18 a 45 anos, de todas as regiões do Brasil e todas as classes sociais.

 

Repercussão

Para Venturelli, as descobertas do levantamento reforçam o grande movimento de consumo dentro do lar e que esse novo comportamento deve se manter mesmo com o fim do período de isolamento social. “Em países no estágio mais avançado da pandemia, é possível identificar que o hábito de cozinhar em casa se manteve”, afirma.

 

Ainda segundo o Head de Consumer & Marketing Insights (CMI), o levantamento mostra também que o consumidor tem mesclado produtos de alimentação saudável com indulgência na cesta de compras, o que demonstra um olhar para os benefícios do produto para a saúde e a busca por itens que tragam conforto na atual realidade. “São os alimentos que ajudam a vencer ou superar a quarentena”, ressalta.

 

Outros estudos

Desde o começo da pandemia, o C.Lab já foi palco de mais de dez outros estudos, entre levantamentos sob demanda para as unidades de negócio da Nestlé, além de cenários de mercado, como é o caso do Tracking Covid-19 – Impacto no consumo de alimentos. “Com o C.Lab, aceleramos o processo de produção de pesquisas em quase 70%, reduzindo os custos em mais de 50%”, revela Venturelli.

 

Na Rede Food Service é assim. Diariamente, tem notícias sobre a pandemia de Covid-19 Saindo do Forno para você.

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Fique Atualizado!

Assine nossa newsletter