in

Indústria de biscoitos, massas alimentícias, pães e bolos industrializados cresce 4,9% durante a pandemia

Desempenho positivo se refere ao 1° quadrimestre de 2020 e está impulsionado, principalmente, pelo aumento de consumo das famílias e recomposição de preços

Expectativa é chegar ao final de 2020 com um crescimento médio de 3% a 5%

Pelo o que tudo indica, a indústria brasileira de biscoitos, massas alimentícias, pães e bolos industrializados está conseguindo vencer a atual crise social e econômica decorrente da pandemia de Covid-19.

 

De acordo com divulgação da Associação Brasileira das Indústrias de Biscoitos, Massas Alimentícias e Pães & Bolos Industrializados (ABIMAPI), juntos, tais segmentos movimentaram R$ 9,6 bilhões, 4,9% acima do valor alcançado no mesmo período do ano anterior (R$ 9,1 bilhões), desempenho impulsionado, principalmente, por aumento de preços.

 

Por meio de nota, a ABIMAPI informou que a apuração foi realizada pela consultoria Nielsen e mostra que, apesar das expectativas positivas de recuperação da economia no início do último ano, “2020 aponta um crescimento tímido pelo atual cenário em que estamos vivendo: pandemia da COVD-19, a alta do dólar e instabilidade política. Contudo, apesar da resistência dos juros, a redução de desemprego e o crescimento da renda total impulsionou o consumo das famílias”, diz o texto.

 

Para Claudio Zanão, Presidente-Executivo da ABIMAPI, “a expectativa é chegar ao final de 2020 com um crescimento de 3% a 5% em média, que já será um ótimo resultado para o setor”, afirma.

 

Para ter acesso ao levantamento completo divulgado pela ABIMAPI, clique aqui.

Escrito por #molongui-disabled-link

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Carregando…

0

Comentários

0 comentários

Franquias brasileiras registram queda média de 48,2% no faturamento por causa da pandemia de Covid-19

Associação Nacional de Restaurantes – ANR lança série de cartilhas para a reabertura de bares e restaurantes