Pesquisar
Close this search box.

Pesquisa aponta que cerveja e vinho são as bebidas alcoólicas mais pesquisadas na Internet durante a quarentena

Levantamento foi realizado pela Decode com o objetivo de mapear os hábitos de consumo no meio digital do brasileiro após o advento do Covid-19

iStock 980813710
iStock 980813710

Atenção produtores e vendedores de bebidas alcóolicas! Pesquisa realizada pela Decode, empresa de data analytics do BTG Pactual, maior banco de investimentos da América Latina, aponta que a cerveja e o vinho foram as bebidas alcoólicas mais pesquisadas na Internet durante o período de isolamento social decorrente da atual pandemia de Covid-19.

 

O levantamento, intitulado ‘O Legado da Quarentena para o Consumo’, foi feito entre os meses de março e abril e teve como objetivo mapear os hábitos de consumo no meio digital do brasileiro após o advento do novo Coronavírus no país.

 

Em resumo, a ideia principal dos pesquisadores era descobrir como o comportamento do consumidor brasileiro mudou no período de quarentena, quais setores estão em alta, setores em baixa e as tendências. “Devido à pandemia no país, a população precisou mudar drasticamente os seus hábitos diários e, consequentemente, isso impactou o seu consumo de produtos e serviços”, explica Renato Dolci, sócio do BTG Pactual responsável pela Decode.

 

Conforme o estudo, a alimentação está entre os setores e produtos que apresentaram alta durante a quarentena, sendo que os sites de e-commerce de vinho aumentaram o tráfego em cerca de 15% na pandemia. Já as buscas por abridor de vinho cresceram em 40%.

Além disso, foi constatado que as pessoas estão mais atraídas por receitas na Internet e registrada uma crescente procura por eletrodomésticos, como lava-louças, batedeira, cooktop.

Assim como, foi descoberto que, com o fechamento temporário de restaurantes, bares e lanchonetes, o delivery de comida tem sido a principal forma desses estabelecimentos comercializarem seus produtos. Prova disso é a mensuração da pesquisa em questão de que houve quase 9 milhões de downloads em apps de delivery só durante o mês de março.

 

Para acessar a pesquisa na íntegra, assim como a metodologia aplicada, clique aqui.

 

Na Rede Food Service é assim. Todos os dias, tem dados e estatísticas sobre o novo mercado de alimentação fora do lar decorrente da pandemia de Covid-19, literalmente, Saindo do Forno para você!

+ posts

Compartilhar:

Facebook
Twitter
LinkedIn
Fique Atualizado!

Assine nossa newsletter

Veja também...